IR. MARCOS: “Vale a pena ser Irmão Redentorista!”

0 Comentários

O Governo Geral da Congregação do Santíssimo Redentor tem sua sede em Roma, onde fica também a Igreja de Santo Afonso e Santuário Internacional de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Um dos membros da Província de Goiás que residem nesta comunidade religiosa é o Ir. Marcos Vinícius Ramos de Carvalho, natural de Alto Horizonte (GO), que além de estar a serviço do Governo Geral, também avançou em seus estudos de filosofia.

Na entrevista abaixo, ele partilha um pouco de sua missão e destaca que a Congregação Redentorista precisa de confrades irmãos para que “não se perca a beleza do seu carisma”. Destaca a importância do processo de reestruturação, e a atualidade de nossa missão no mundo de hoje.

– Qual é a sua missão em Roma e há quanto tempo reside aí?

A missão que me foi confiada em Roma, antes de tudo, é anunciar o Evangelho de Jesus Cristo aos mais abandonados, especialmente os pobres. Pois essa é a missão de qualquer redentorista, independente da função que exerça ou da comunidade que habite. No entanto, aqui minha atividade missionária se concretiza como assistência pessoal ao Superior Geral na tarefa de animar, coordenar e governar a Congregação, ou seja, devo assisti-lo como seu secretário que o ajude diretamente na sua função.
Nosso atual Superior Geral é canadense anglófono, que fala também francês e italiano, e por isso havia necessidade de alguém que o auxiliasse com os idiomas espanhol e português. Eu estava atuando como secretário da Província de Goiás e então Pe. Michael Brehl convidou-me para lhe ajudar na Casa Generalícia. Mérito nenhum de minha parte, somente necessidade sua. Então há mais de cinco anos que ofereço minha colaboração em Roma. O trabalho que faço é muito diversificado, pois vai desde cuidar de sua correspondência, escritório e arquivo pessoal até ajudar em traduções e aplicações de vistos. Colaboro ainda com alguma documentação na Secretaria Geral, principalmente na relação de nossa Congregação com o Vaticano.
Há um ditado que diz: “enquanto descansa, carrega pedra!” Por isso, tenho aproveitado meu tempo livre em Roma para estudar filosofia, minha grande paixão. No final de 2014, concluí o mestrado em filosofia pela Pontifícia Universidade Lateranense. Agora estou cursando o doutorado, ainda em filosofia, na mesma universidade. Minha pesquisa se concentra na área da metafísica tomista, com enfoque na filosofia escolástica da época barroca.
Contudo, como redentorista não se pode faltar em nossa vida o contato com o povo de Deus. Por mais que meu trabalho na Casa Geral seja muito em um escritório entre documentos e livros, encontrei na catequese uma forma de manter vivo meu ardor missionário popular. Acompanho nove crianças de origem filipina em encontros catequéticos periódicos, nos quais posso desenvolver uma atividade diretamente pastoral. A catequese é feita em língua italiana. Com certeza aprendo com eles tanto quanto quero ensinar.

– Como você avalia a presença do carisma redentorista no mundo de hoje?

O carisma de uma congregação religiosa é sempre a resposta do Espírito Santo às necessidades de cada época. Existem certas necessidades que são constantes, persistentes e outras nem tanto. No entanto, acredito que o carisma redentorista de evangelizar os mais abandonados é ainda muito atual, pois o mundo tem necessidade de ouvir a Boa Nova da Redenção. Se a gente pensa na grande quantidade de gente que está abandonada, seja pelo poder público, pelas igrejas, pela sociedade em geral, constata-se que nosso carisma é para o mundo de hoje. A humanidade ainda precisa descobri o amor incondicional de Deus “que faz sol brilhar sobre maus e bons, e a chuva descer sobre justos e injustos” (Mt 5,45).
Da sede geral da Congregação Redentorista se pode conhecer as atividades pastorais realizadas pelos confrades em todo o mundo. Quanta coisa bonita é feita! Quantas pessoas são evangelizadas! Em tantos lugares, no meio do povo esquecido, daqueles que são abandonados por todos, encontram-se comunidades redentoristas ali com missionários comprometidos com a justiça e a paz. Sou tomado por um saudável orgulho quando penso na presença redentorista junto às vítimas do narcotráfico, aos migrantes e refugiados, aos doentes e presidiários, aos camponeses e indígenas, aos jovens e idosos. Tudo isso me leva a afirmar: realmente o carisma redentorista é para o mundo de hoje!
Porém, creio que é uma exigência do momento atual a necessidade de trabalhar em conjunto. A própria Congregação está num processo de restruturação. É preciso revisar, reavaliar, reorganizar nossa vida e estruturas de missão para que o bem que já fazemos possa ainda ser realizado de maneira mais eficaz, sem desgastes e desânimos. Não se pode ser redentorista só para um lugar, uma cidade, uma província. O missionário redentorista é para todo o mundo e para todos.

– Em uma congregação em que a maioria dos membros são clérigos, vale a pena ser irmão?

Num belíssimo poema intitulado ‘Mar Português’, de Fernando Pessoa, há a frase que diz: “Tudo vale a pena se a alma não é pequena”. Ser religioso irmão é um chamado de Deus, um dom. A fraternidade é algo que se recebe para passar adiante. O próprio Jesus, o Filho Unigênito do Pai Eterno, fez-se irmão de todos nós. Como não valeria a pena ser irmão?
A Congregação do Santíssimo Redentor é “um só corpo missionário”, como diz a Constituição n. 2, e ainda na Constituição n. 55 se afirma que pela profissão religiosa, “todos os Redentoristas são verdadeiramente missionários”. Quando é clara a identidade missionária de nossa Congregação, não existe problemas entre uma ou outra forma de ser redentorista. Infelizmente, nalgumas comunidades ainda existem certos conflitos frutos duma mentalidade clericalista que pensa o clero como cristãos de primeira classe e menospreza todo o restante do povo de Deus como cristãos de segunda classe. Isso é um problema grave da concepção eclesial que ainda não superou a embate entre carisma e poder, porque falta a compreensão de poder como serviço.
Por isso, digo que vale a pena ser irmão. O mundo de hoje tem necessidade de irmãos para ser mais fraterno. A Igreja também necessita de irmãos para que descubra na fraternidade de Cristo o modelo de sua ação pastoral. A Congregação Redentorista precisa de irmãos para que não se perca a beleza do seu carisma, que não se caracteriza por certas formas de atividade, como diz a Constituição 14, mas que se define pelo dinamismo missionário. Se há alguém que queira reduzir o apostolado da Congregação às atividades da pastoral ordinária, nisso se comprova a necessidade de existir um Irmão Redentorista para anunciar, de maneira profética, que nosso carisma é dinâmico, criativo e fecundo no zelo de encontrar maneiras novas através das quais o Evangelho seja pregado a toda criatura (cf. Mc 16,15).
Se ainda posso, gostaria de dizer àqueles jovens que tem no coração um grande desejo de servir: Vale a pena ser Irmão Redentorista! Vale a pena empenhar sua vida, sua história pessoal, no serviço missionário a fim de levar as pessoas, seja na pastoral ou na comunidade religiosa, a conhecer o amor do Pai Eterno manifestado a nós em Jesus Cristo.

Deixe uma Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • PARABÉNS!

    0 23

    Estudante na Irlanda

    View more
  • PARABÉNS!

    0 29

    Colaborador em Trindade e Campestre/GO

    View more
  • PARABÉNS!

    0 27

    Missionário na Vice Província de Manaus/AM

    View more
  • PARABÉNS!

    0 29

    Colaborador na sede provincial

    View more
  • PARABÉNS!

    0 23

    Colaborador no Santuário-Basílica de Trindade

    View more
  • PARABÉNS!

    0 33

    Felicidades ao pároco de Paraíso/TO

    View more
  • PARABÉNS!

    0 28

    Juniorista, reside no Seminário São José.

    View more
  • PARABÉNS!

    0 28

    Juniorista, que acompanha a Jumire.

    View more
  • PARABÉNS!

    0 22

    Pároco em Rio Verde/GO.

    View more
  • PARABÉNS!

    0 22

    Parabéns ao vigário-paroquial em Campinas, Goiânia/GO

    View more
  • PARABÉNS!

    0 27

    Obrigado e parabéns ao nosso pastor!

    View more
  • PARABÉNS!

    0 18

    Juniorista, reside no Seminário São José

    View more

May 2017

Não há eventos para hoje!
dom seg ter qua qui sex sab
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30

Video Em Destaque

  • Editor: P. Rafael Vieira, CSsR
  • Colaboradores: P. Maurício Brandolize, CSsR, Ir. Diego Joaquim, CSsR, Fr. Auro Marques, CSsR e o postulante Ênede Cordeiro.
  • Área Reservada: Padre Eduardo Rezende, CSsR.
  • MANTENHA CONTATO!

    ÚLTIMAS POSTAGENS

    Maria, Mãe dos Vocacionados
    15 May 20170 Comentários

    TWEETS MAIS RECENTES

    Read all tweets

    © 2015 Redentoristas Provincia de Goiás | E-mail: portal@redentorista.com.br

    Desenvolvido por WEBCERRADO Soluções Digitais